MON realiza programação especial para o Dia das Mulheres

Compartilhar

Facebook
WhatsApp

Em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres, celebrado anualmente em 8 de março, o Museu Oscar Niemeyer oferece ao público, ao longo do mês, diversas atividades gratuitas dedicadas ao tema. A programação conta com oficinas, mediações e videoconferências com artistas convidadas.

A primeira ação do mês será a oficina “Laboratório de Experiências: Tinta Acrílica”, no dia 1º, com sessões às 13h30 e 15h30. Inspirada nas obras da artista Leila Pugnaloni, a atividade irá explorar as potências da tinta acrílica, experimentando diversas formas de pintar.

No dia 8, às 15h, haverá uma visita mediada que propõe um roteiro exclusivo, com um percurso pelos trabalhos de artistas mulheres, em exposição no MON, explorando suas linguagens e diversidade.

Para o dia 11, às 15h, está marcada uma conversa com as artistas e com a curadora Ana Zavadil, da exposição “Fora das Sombras: Novas Gerações do Feminino na Arte Contemporânea”.

A oficina artística “Paisagens Costuradas” acontecerá no dia 15, com sessões às 13h30 e 15h30, inspirada na obra da artista Mariana Palma. Seu trabalho pode ser visto atualmente na exposição “Afinidades II – Elas!”, na Sala 3 do MON, e na mostra “MON sem Paredes”, no gramado do Museu.

Durante a oficina, o público participante fará uma expedição sensorial na área externa do MON, onde haverá coleta de materiais que, como fragmentos do mundo com suas cores, formas e texturas, irão compor imagens diversas.

Uma visita mediada na exposição “Afinidades II – Elas!” acontecerá no dia 15, às 15h. A mostra reúne obras de dez artistas mulheres, de diversas regiões do Brasil.

No dia 16, às 19h30, será realizada a videoconferência “A Dimensão do Feminino Traumático”, com a artista Juliana Notari. A atividade estará acessível também em Libras.

Artista, pesquisadora, doutora e mestre em Artes Visuais, Juliana Notari abordará temas que compõem sua trajetória artística, como corpo, sexualidade, nascimento e morte, experiência estético-política, femininos, feminismos, trauma e a relação entre natureza e cultura. Seu trabalho pode ser visto atualmente na exposição “Afinidades II – Elas!”, na Sala 3 do MON.

Para encerrar a programação de março, no dia 22, às 14h, haverá uma oficina com a artista Cintia Ribas: “Laboratório Experimental de Colagem”. Neste laboratório experimental, uma conversa irá anteceder a produção de colagens e a investigação das imagens. A atividade é recomendada para maiores de 14 anos.

A artista é cofundadora do Clube da Colagem de Curitiba (CCC), faz parte do grupo de artistas participantes da ação e exposição coletiva Queer Museu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, com curadoria de Gaudêncio Fidelis. Seu trabalho pode ser visto atualmente na exposição “Carne Viva”, na Sala 7 do MON.

https://www.museuoscarniemeyer.org.br/noticias/noticia-2023-02-22

Compartilhar

Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário